quinta-feira, 11 de novembro de 2010

A República das Marionetes

Mídia: conjunto de veículos responsáveis pela disseminação da informação perante a sociedade. Está responsabilidade infelizmente nem sempre é cumprida de forma correta. Muitas vezes os interesses de terceiros acabam prejudicando a qualidade da informação.

A imparcialidade deveria ser a base dos meios de comunicação. Entretanto não é isso que ocorre. A mídia acaba agindo como agente manipulador na medida em que, explicita seu ponto de vista - ou nas entrelinhas - fazendo com que a informação seja tendenciosa. Podemos citar como exemplo as disputas eleitorais, nas quais, a mídia acaba favorecendo determinados candidatos, conforme seus interesses.

No entanto, seria utópico imaginar os veículos informacionais sem que houvesse qualquer forma de tendenciosidade. A partir, do momento em que o homem se coloca na posição de escrever, ele está sujeito a manifestar sua opinião. A parcialidade é inerente ao ser humano.

Sendo assim, percebemos que as informações veiculadas em todos os meios de comunicação são inevitavelmente parciais. Devido a este quadro, a sociedade deve buscar o máximo de informações possíveis dos mais variados meios de comunicação, pois, assim o cidadão poderá construir um senso crítico, baseado na interpretação dos diversos pontos de vista apresentados. Só assim deixaremos de ser a República das Marionetes.

Um comentário:

  1. Graande Fineloo
    ta show o blog cara
    viva la revolución =P

    ResponderExcluir